Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +
No comando: Programação de Exemplo

Das 00:00 às 24:00

Menu

Marighella foi além do discurso, levou suas ideias para a prática, diz atriz Bella Camero

Atriz do filme “Marighella”, que estreia no próximo dia 4 de novembro, é a convidada desta semana no BDF Entrevista

José Eduardo Bernardes – Rádio Brasil de Fato / Foto:  Reprodução Berlinale

Foram dois anos de espera, mas no próximo dia 4 de novembro, finalmente o filme Marighella entrará em cartaz no Brasil. Nesse período, enquanto enfrentava burocracias com a Ancine (Agência Nacional do Cinema), o primeiro longa dirigido por Wagner Moura, que narra uma parte da história do guerrilheiro baiano, que se tornou o inimigo número 1 da ditadura militar, viajou o mundo, com exibições em diversos festivais.

“Fico com a sensação de que as pessoas foram ficando um pouco mais apáticas ou anestesiadas.”

O filme trata dos últimos cinco anos de vida de Carlos Marighella, da saída do PCB – onde militou e se tornou deputado federal – até a criação da Aliança Libertadora Nacional e sua incursão na luta armada contra a ditadura.

Depois de sua morte, Marighella se tornou um personagem “maldito” e assim como os demais que não se renderam aos militares, foi excluído dos livros de história e taxado como terrorista. O descolamento da verdade sobre a luta popular contra a opressão é um dos pontos que devem ser tema de debate após seu lançamento.  Saiba Mais Aqui.

                          Edição: Isa Chedid Rede Brasil de Fato / Web Rádio e TV Muira-Ubi